APOSTILA DA ROUPA BEM PASSADA

A gente sabe que pode não ser aqueeela diversão (rs), mas dá uma satisfação enorme completar o ciclo de boa manutenção das nossas roupas –depois de lavar, centrifugar, pendurar, esperar secar– com carinho através do ferro de passar. Roupa bem passadinha dá uma sensação de impecável, de elegância, não dá? :)

Tempos atrás a gente deu aulas de manutenção pra clientes e pras ajudantes de algumas clientes — e as sacadas mais legais que a gente dividiu com elas (com tábua montada e ferro de passar já quente!) e que elas dividiram com a gente tão aqui — com direito a colaborações estreladas via Twitter, ó!

DICAS FÁCEIS PRA PASSAR ROUPAS :: um passo-a-passo pra precisar passar menos, mas passar melhor!

CABIDES NO VARAL
Deixar a roupa secar (depois de lavada) penduradinha num cabide — e não dobrada ou pregada no varal — facilita um tanto o trabalho de passar, exige menos esforço/quentura e por isso desgasta menos a peça (obrigada @adaniela pela lembrança!).

TEMPERATURAS DIFERENTES PRA MATERIAIS DIFERENTES
Pra começar a tarefa, vale separar o que vai ser passado em grupos, de acordo com as temperaturas — tecido sintético fica lisinho com temperaturas mais baixas e tecidos naturais aguentam temperaturas mais altas (tem sempre indicação na etiqueta interna da peça). Mas ó, o ferro nunca precisa estar quente-quentíssimo, já que o que faz o serviço alisatório é o combo peso + movimento (a quentura só auxilia).

QUENTURA POR DENTRO
A gente recomenda passar tudo, tudo mesmo, do lado avesso. Especialmente roupa escura, que pode ficar brilhando com o contato do ferro. E a gente só passa a peça quando ela está “vestida” na tábua, pra não marcar detalhes em relevo: sabe quando as costas da camiseta ficam com a marca da gola, na altura da nuca? Pois é. E quando tem relevão na roupa, tipo em rendas e brocados, a gente pode “vestir” uma toalha dobrada por dentro da peça e passar assim, com o volume dando suporte pro ferro passear. Esse ‘volume vestido’ vale também pra mangas, que não precisam ter vinco (não mesmo!): quem não tem aquela mini-tábua pra passar mangas pode dobrar aquela mesma toalha, segurar o volume lá dentro com uma das mãos e passar a manga com a outra.

ONDE COMEÇA E ONDE TERMINA
É bom começar a passar a peça pelas partes menos aparentes e amassáveis, indo pras partes que ficam mais à mostra. Olha a camisa como exemplo: a gente começa a passar pelos punhos, vai pras mangas, passa os ombros e o colarinho, e só no fim passa as costas, pra terminar na frente. Dica quentíssima da @cintilla. A gente usa também passar um pano úmido sobre a roupa, depois de passar, pra tirar quaisquer pelinhos ou resíduos que tenham ficado ficado grudados. O Sartorialist em si deu uma dica uma vez: diz ele que depois de passar é bom dar uma lufada de ar frio na peça pra fazer com que o efeito lisinho dure mais (vale tentar com o secador no modo frio!).

PANINHO PROTETOR + STEAMER
Tecidos super finos e delicados podem ser passados debaixo de panos de prato, fraldas, toalhas ou quaisquer pedaços de tecido liso, pro calor do ferro não tocar diretamente a peça delicada e já chegar ‘amenizado’ onde vai desamassar. E ó: se o tecido é muito delicado meeesmo, super vale experimentar vapor no lugar do ferro, viu. Lembra do steamer, que pode ser o melhor amigo de quem não tem habilidade com o ferro de passar!

EXTRAS: PRA PRECISAR PASSAR MENOS
(OU NEM PRECISAR PASSAR)
-diz que acrescentar um copo pequeno de vinagre à água que vai enxaguar as roupas lavadas faz com que todos os amassadinhos fiquem bem mais relaxados na hora de secar — e que o cheiro não pega na roupa.

-não superlotar a máquina de lavar faz com que as roupas fiquem menos comprimidas lá dentro e, por consequência, menos amassagadas.

-essa é pra quem usa máquina de secar: experimenta pendurar/dobrar as roupas assim que elas saem do quentinho da máquina — deixar tudo empilhado ou embolado lá dentro até esfriar só marca ainda mas o que tiver amarrotado.

-por fim, mais sobre a máquina de secar: peças que tão dobradas ou que já foram usadas podem pegar carona no ciclo das toalhas úmidas e rodar na secura por mais 10 minutinhos — pra sair lisa lisa. ;-)

Oficina de Estilo no seu email
IDÉIAS PRÁTICAS PRA FACILITAR O VESTIR!
  • e comprar menos e melhor
  • e se arrumar em menos tempo
  • e se sentir linda e autêntica com o que tem no guarda-roupa
  • e exercitar criatividade e se sentir empoderada <3