COMO SE VESTIR NO FRIO-CONGELANTE

A gente aqui não tá acostumada com o mesmo frio que as européias, né. Tão pouco lugar no BR tem essa friaca — e ainda assim tão de vez em quando — que a gente tem pouco ou quase nenhum hábito de ter no armário o que usar pra se proteger quando gela até a alma.

Esse post vale especialmente pra quem vive em lugar sujeito a esse frio frio FRIO de verdade! Quem vive em lugar de eventuais frios levinhos — e uma vez ou outra pega uma frente fria rapidex — pode somente investir em uma ou duas boas segundas-peles e ler tudo que a gente já postou aqui sobre sobreposições. :)

dicas de consultoria de estilo para escolher materiais que aquecem e coordenar sobreposições pro inverno!

Proteção eficaz pro frio começa com a escolha de materiais que esquentam de verdade. E os materiais com que a gente tá acostumada aqui no BR não são exatamente os mais quentinhos, né?

Então, 3 meias-calças + legging + 1 calça de malha por cima equivalem a

-1 calça de lã espessa, quentinha +
-meias também de lã/cashmere nos pés.

Ou ainda: 2 segundas peles + 2 tricôs finos + 1 casaquinho de malha equivalem a

-1 camiseta de algodão com mangas longas
-1 um cashmere quentíssimo (que aquece sem acrescentar volume à silhueta).

Pra garantir, tem umas meias-calças bem fininhas de lã sintética que esquentam super por baixo de calças – e mesmo por baixo de bermudas, saias ou vestidos… pras corajosas! Cachecóis quentinhos aquecem o pescoço e, pra deslocamentos, casacos pesados (também em lã!) podem completar o look.

+
+ mais referências de looks de frio no nosso Pinterest, ó!

Lã, cashmere, mohair, couro, feltro e afins não são materiais muito tropicais, mas fazem a diferença na hora de se proteger de frio que não parece brasileiro. (Menos no sul, né.) Vale super a pena construir, de pouquinho em pouquinho, um mini-guarda-roupa de invernão: a cada viagem, ou a cada inverno, é legal adquirir um casaco ou um cashmere ou uma calça de lã quente. E ao longo dos invernos a gente vai fazendo coordenações, e incrementando esse “aparato” com cores e outros ítens. Look com poucas camadas mas todas SUPER quentinhas –> essa é a (nossa) fórmula certeira.

Aquecer os pés também é chave pra estar inteira quentinha. No frio as solas dos sapatos podem ser um pouquinho mais grossas do que a gente usa normalmente. Vale experimentar, por exemplo, tênis confortáveis, botas com solas de borracha, sapatilhas e escarpins com solas – mesmo de couro – um pouquinho mais altas. E quando o sapato é rente ao chão, ó, as européias sacam palmilhas quentinhas pra usar por dentro: hoje tá fácil comprar palmilhas de pêlo de carneiro, de lã, de fleece e até de cortiça (diz que isola o frio).

Com essa fórmula, o que formaliza ou informaliza o look é o tipo de material, mesmo dentro do ‘universo dos quentinhos’. Calças de veludo cotelê, jeans grossão ou nylon compõem looks mais informais; calças em couro, lãs de alfaiataria e veludo deixam o visual mais formal (sem precisar ficar careta, veja bem). E a chave pra não parecer igual todo santo dia frio é coordenar cores. Manter a base neutra – calças, camisetas e casacão –  pode ser uma boa idéia pra acrescentar cor nos cashmeres, nos cachecóis, nos sapatos… e também nos acessórios menores tipo tiara, brinco, broche, luvinhas (se for o caso), bolsa, guarda-chuva (!!!), óculos escuros, etc etc etc.

E se tiver chovendo junto com o frio (ninguém merece!), clica aqui pra se aquecer AND permanecer sequinha. :)

Oficina de Estilo no seu email
IDÉIAS PRÁTICAS PRA FACILITAR O VESTIR!
  • e comprar menos e melhor
  • e se arrumar em menos tempo
  • e se sentir linda e autêntica com o que tem no guarda-roupa
  • e exercitar criatividade e se sentir empoderada <3