O QUE É VINTAGE? (E O QUE É SÓ VELHO MESMO?)

Uma vez uma cliente perguntou pra gente como ‘diferenciar o que é vintage do que é só antigo’ — pra saber o que tem valor, o que vale a pena guardar e o que pode ser descartado. A gente tentou explicar o valor da informação de moda na roupa, mas nem com muito esforço a gente conseguiria definir tão bem o que é vintage como o blog Cajon DeSastre. É de lá a melhor definição de vintage dos últimos tempos, direto desse post aqui:

“Para uma peça ser vintage os requisitos são os seguintes:

-TER PELO MENOS 20 ANOS DE ANTIGUIDADE,
-SER TESTEMUNHA DE UM ESTILO PRÓPRIO OU DE UM ESTILISTA,
-NÃO HAVER SOFRIDO NENHUMA TRANSFORMAÇÃO,
-REPRESENTAR UM INSTANTE DE MODA,
-ESTAR EM PERFEITO ESTADO.”

como identificar peças de roupa que carregam informação de moda -- e também o que é somente releitura de uma época.

O professor de história da moda João Braga completa: ele diz que “existem coleções de moda que revisitaram certas décadas, se inspiraram em certas peças vintage. Mas se foi produzido agora, é uma releitura, não é vintage”.

Agora informadas e sabidinhas, é possível concluir que o que é vintage provavelmente custa mais — mas também tem mais valor por carregar informação de moda bem mantida por tanto tempo. O que não descarta uns bons e “velhinhos” achados de moda com menos de 20 anos de história-fashion, né? Alô próximos passeios às araras dos brechós! :)

+como a gente usa a moda
+quer trabalhar como personal stylist?
+como construir um guarda-roupa inteligente

Oficina de Estilo no seu email
IDÉIAS PRÁTICAS PRA FACILITAR O VESTIR!
  • e comprar menos e melhor
  • e se arrumar em menos tempo
  • e se sentir linda e autêntica com o que tem no guarda-roupa
  • e exercitar criatividade e se sentir empoderada <3