SOBRE O ALGODÃO ORGÂNICO

Diz que quase todo o algodão que se usa no mundo é produzido principalmente nos Estados Unidos, na China, na antiga União Soviética, no México, aqui no Brasil, no Peru, no Egito e na Turquia. Com tanta produção, os agricultores usam fertilizantes químicos e pesticidas no solo pra prevenir doenças e bichinhos nos pés de algodão (e pra assim, aumentar a colheita, minimizar perdas, aumentar o lucro). Diz que pés de algodão sempre tiveram propensão ao ataque de insetos e que, com o tempo, esses insetos foram ficando imunes aos venenos… então os agricultores põem mais e mais remédio nas plantas. A coisa é de um tamanho que nos EU, na Índia e na China (top produtores) essa química toda é despejada nas plantações POR AVIÕES.

O resultado é que as terras onde se planta vão ficando inférteis, a água que corre em volta desses espaços tá ficando mais e mais contaminada e gente começa a morrer por conta do contato tão intenso/profundo com os pesticidas. E a real é que a gente tem financiado esse esquema com cada camisetinha 100% algodão que a gente compra. Mais: é tanto tanto mas TANTO produto químico nas plantas, que o algodão absorve geral e retém durante todo o processo de fiação, industrialização e tecelagem. Então ó, a gente tá vestindo remédio todo dia toda hora, botando de propósito esses tóxicos todos em contato com a nossa pele.

Por ser cultivado e produzido sem fertilizantes artificiais ou pesticidas, o algodão orgânico não tem impacto ambiental pro mal, é mais saudável pra quem trabalha na sua agricultura e pra gente, que veste todo dia. Por ser menos popular, esse é um material mais caro — daí a NECESSIDADE da gente começar a perguntar nas lojas se há produtos disponíveis em algodão orgânico, e procurar online quem oferece produtos confeccionados sem remédio, e pedir que as nossas lojas favoritas façam uso do material limpo, e mandar emails pra tecelagens e grandes marcas de moda pedindo pra comprar peças feitas sem algodão tratado com pesticidas mil.

(E no lugar de se espantar por que o preço é caro, a gente deveria treinar nossas mentes pra questionar por que o algodão tóxico é tão barato.)

Tá na nossa mão a responsabilidade de fazer crescer o uso do algodão orgânico na indústria da moda — pra que a gente, como consumidora, possa ESCOLHER o melhor e assim criar a demanda. Só assim, a partir da ‘querência’ geral, é que há chance desse material popularizar de verdade e, por consequência, baratear um tantinho.

Mais:
5 atitudes sustentáveis em moda
idéias importantes pra construir um guarda-roupa-ético
algodão orgânico: diferenças e vantagens
ter menos, melhor e mais de perto

((A info técnica desse post, publicado originalmente em abril de 2010, veio do ótimo livro Tecidos e Moda, de Jenny Udale e da editora Bookman))

Oficina de Estilo no seu email
IDÉIAS PRÁTICAS PRA FACILITAR O VESTIR!
  • e comprar menos e melhor
  • e se arrumar em menos tempo
  • e se sentir linda e autêntica com o que tem no guarda-roupa
  • e exercitar criatividade e se sentir empoderada <3