"SOBREPOSIÇÃO TRIPLA"

Sabe esses dias em que faz friozão de manhã e à noitinha, mas durante o dia a gente sente quase-quase um calorzinho? Coisa que a gente mais exercita com nossas clientes de consultoria de estilo em dias assim é a “sobreposição tripla”: quando, na parte de cima do look, a gente coordena três peças de uma vez só — tipo blusa, tricô e casaco.

Por que né, frio é o melhor tempo pra exercitar a criatividade no vestir com camadas e camadas de elementos visuais diferentes!

Acontece que graça da sobreposição tripla é essa mesmo: coordenar peças igualmente bacanas e colaborativas com a interessância do resultado final do look. Não tem tanta graça usar camisetinha básica branca ou segunda pele, por exemplo — a sobreposição tripla não serve só pra aquecer, mas especialmente pra enfeitar! Muito mais legal é coordenar estampas, cores, texturas, comprimentos, alturas de mangas, formatos de golas e decotes e mais, sabe como? Lembrando que camada serve pra ser tirada e vestida de novo ao longo do dia, na medida da mudança de temperatura. Então tudo na coordenação pode ser igualmente importante e valioso, sem perder a graça na falta de uma dessas camadas!

Única ressalva para a sobreposição tripla é que ela pode fazer a gente parecer mais cheia na parte de cima — quanto mais camadas, mais a gente pode parecer inflada: especialmente com tecidos espessos, não tem muito jeito. Sacada boa é sobrepor tecidos finos (alô camisas de seda!) e deixar sempre a última peça da coordenação abertinha na frente (tipo paletó, casaqueto ou jaqueta), pra que o vão vertical que as duas abas formam ao longo do tronco se encarreguem de simular uma cintura beeem fininha pra gente. Viu!

+QUER TRABALHAR COMO PERSONAL STYLIST?
+COMO CONSTRUIR UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE

Oficina de Estilo no seu email
IDÉIAS PRÁTICAS PRA FACILITAR O VESTIR!
  • e comprar menos e melhor
  • e se arrumar em menos tempo
  • e se sentir linda e autêntica com o que tem no guarda-roupa
  • e exercitar criatividade e se sentir empoderada <3