AS MULHERZINHAS DE CASHMERE MAFIA

A gente adora a imagem de mulherzinhas maduras que a moda apresenta de tempos em tempos e a gente adora figurinos que inspiram looks pra vida real -- quem não? Junta essas duas coisas e a gente tem Cashmere Mafia, uma série que acabou há tempos e que nem fez tanto sucesso aqui no Brasil, mas que tem lugar garantido nos nossos corações. A série mostrava o dia-a-dia de quatro amigas da faculdade de admininstração (Business School -- tipo isso, né?) que são super parecidas com as quatro amigas de Sex and the City, mas ao mesmo tempo super diferentes. 

As amigas de Cashmere Mafia se chamam Mia, Caitlin, Juliet (favoritona) e Zoe. Mia trabalha numa editora poderosa de revistas, Caitlin trabalha numa empresa de maquiagem super poderosa, Juliet trabalha numa rede poderosa de hotéis e Zoe também tem um trabalho poderoso, mas que a gente não identificou qual é (negócios poderosos, gente). Todas são beeem potentes e ganham salários que justificam todo o luxo que vestem -- que não dava pra acreditar que a Carrie comprava aquela infinidade de sapatos do Manolo Blahnik com salário de colunista de jornal, né? Essa é uma super diferença entre as duas séries: em SATC a gente via mais as moças e menos suas vidas profissionais, e em CM a vida profissional das protagonistas é tão importante quanto elas mesmas (talvez por isso mesmo a série não tenha crescido, né, nessa visão capitalista antiga e obtusa).

cashmere-mafia.jpg

Cashmere Mafia e Sex and the City ainda compartilhavam a mesma figurinista: a Patricia Field, gênia, é a responsável pelo que todas essas moças vestiam. E dá pra ver personalidades diferentes através dos figurinos, mas com uma aparência comum de feminilidade e segurança:  as personagens usavam mais formas e cores do que estampas ou detalhes pequenos, e o efeito só com esses elementos é super forte e impressionante! Mais: todo mundo usava muito cinto, o tempo todo -- se é pra ser feminina, marcar a cintura é o que há de mais eficiente! Muito legal perceber como a moda pode mesmo ser figurino da história, tudo acontecendo ao mesmo tempo -- Cashmere Mafia passou na TV bem nos anos 2000, um tempo de retratar mulheres fortes, bem-sucedidas e possíveis em desfiles,  revistas, propaganda, figurinos e também nas nossas vontades e comportamentos.