A MELHOR DEFINIÇÃO DE ELEGÂNCIA

Ô palavrinha difícil de definir, nénão? Fica muito mais fácil citar pessoas elegantes, exemplificar com imagens, descrever um ícone. E o mais difícil é explicar a idéia de que elegância não depende só da roupa que se usa, mas está mais relacionado a atitude! Pois numa leitura dessas pré-soninho-da-noite eu encontrei a melhor definição -- foi um eureka, do tipo "como não pensei nisso antes?". Veio das palavras de Costanza Pascolato (logo quem! personificação do que é elegante!) no seu livro Confidencial.

Olha que lindo:

"Elegância é apuro do porte e das maneiras. Tem muito mais a ver com aprimoramento pessoal do que com aparência. Por isso depende de aprendizado contínuo, a vida inteira. Na prática elegância consiste, sobretudo, em fazer evoluir sua cota pessoal de engenho e inventividade. É uma forma de colocar-se em harmonia com o universo, se superar, evoluir, viver alegrias e prazeres relacionados à criação. Ser elegante em última análise, é uma questão existencial, de como você pensa sua vida, como se coloca no mundo".

Incrível de se pensar a partir de uma definição tão sensacional é que elegância se aprende, minha gente. Vamos praticar?