A MODA E A CIDADE

A Serafina - revista mensal da Folha - fez um ensaio fotográfico conectando as estampas da SPFW com um outro evento importante para a cidade: a reabertura do Theatro Municipal, que passou três anos fechado para reformas. No ensaio, bailarinos do Municipal aparecem usando roupas dos desfiles da Osklen, Amapô, Cia. Marítima, Alexandre Herchcovitch e Lino Villaventura. Atrás deles, plotagens imensas com as mesmas estampas que das roupas fazem as vezes de cenário.

A intenção do ensaio - segundo a editora de moda do jornal, Vivian Whiteman -, é reforçar os elos entre a moda e a vida da cidade.

Em vez de ficar apenas na bolha da semana de moda, a revista olhou para o que estava acontecendo fora do pavilhão da Bienal e que também era lindo:

“A conexão entre a moda e a arte - que na minha opinião são coisas diferentes - existe e é inegável. A moda como veículo de comunicação de ideias e de configurações sócio-econômicas e comportamentais, sempre buscou nos meios de expressão artísticos ideias para compor suas imagens. A pegadinha é que, mesmo quando se junta à arte, a moda não se livra do comércio, porque mesmo um editorial super conceitual está situado num contexto de produto. A nossa intenção na verdade foi ligar a SPFW a um outro evento importante para a cidade. Em vez de fazer o caminho esperado - levar o balé para fotografar roupas "chiques" no Municipal - trouxemos os bailarinos para o ‘cenário da moda’. Esse tipo de conexão entre a roupa e a cidade é importante”, conta Vivian.

As estampas foram escolhidas para criar momentos mais leves em oposição a outros mais pesados em termos de padronagem e cores. Já os passos que aparecem nas fotos foram definidos pela coreógrafa do grupo.

Diz se não é o ensaio mais legal que a SPFW nos trouxe!

*Juliana Cunha é jornalista e colaboradora do blog da Oficina de Estilo, que sorte a nossa :) ce pode ler outros textos dela pra Oficina aqui -- e os textos autorais dela no Já Matei Por Menos, ó!