BEM OUSADA, BEM FELIZ!

Se arrumar pra "cair na night" é mil vezes mais gostoso do que se arrumar pro dia a dia. Porque a balada permite mais brilho, mais decote, mais transparência, mais ousadia! Tudo que a gente fala aqui que é preciso usar com cautela, porque dependendo do dresscode pode não ficar adequado, é permitido na hora de sair pra beber com os amigos, dançar ou paquerar. Então, gente, o negócio é aproveitar as nossas saídas noturnas pra exercitar nossa criatividade fashion e também ficar de olho bem aberto pra ver ideias boas que outras pessoas estão usando e que a gente pode copiar. E por falar em ideias boas...

vogueuk

Na Vogue inglesa sempre tem esse editorial chamado "more dash than cash", que mostra looks de arrasar e que não custam tanto. Todas as peças são relativamente baratas, de grandes redes de fast fashion ou lojas mais populares - de lá, né!?! E o editorial desse mês é sobre roupa de balada. Tirando os exageros do styling, normal em um editorial de moda - ainda mais de uma revista inglesa - dá pra tirar um mote de inspiração de lá. Olha só:

* cores vibrantes: pode ser num detalhe, num acessório, no make. A cor vibrante traz um perfume 80's pra produção. Teve década mais ousada?

* estampa de onça: é sexy! E sexy (com classe, é lógico) é super bem vindo na balada. Não precisa ser uma roupa toda de estampa de bicho, ela pode aparecer numa bolsa, no sapato, na pulseira... E se for uma peça inteira estampada o ideal é que ela não seja super decotada, ou super transparente ou super justa. Vamos com calma, né!?!

* jaquetinhas ou paletozinhos: no editorial a proposta é tipo smoking o que é bem chique, mesmo e sofistica qualquer look calça jeans + top com brilho. Mas na vida real vale qualquer jaquetinha ou paletozinho mais arrumadinho. Deixa qualquer vestido mais espertinho, qualquer saia + camiseta de banda mais chique, qualquer calça sequinha + top mais interessante.

* acessórios com brilho: paetês, strass, cristaizinhos... brilho reluz e é um ótimo jeito de chamar atenção pro nosso ponto forte. Colares e broches pra quem quer valorizar colo, brincos pra quem quer mostrar mais o rosto, pulseiras e braceletes pra quem fala com as mãos, acessórios de cabelo pra quem seduz com o movimento dele.

* bolsa tipo carteira: pode não ser tão prática na hora de dançar, mas sempre tem aquele efeito mulherzinha no look!

* sapatos e sandálias com alguma interessância: os pés carregam uma certa sensualidade, né!?! E bem mais discreta e esperta que um par de seios quase pulando do decote. Então o sapato pode ser o ponto focal do look - saltos em formas interessantes, cores e texturas chiques, detalhes, aplicações, tiras mais finas que deixam o pé mais peladinho ou meia-pata pra ajudar quando o salto for mais alto.

* calças sofisticadas: uma calça com um corte impecável, num tecido lustroso e caimento mais ajustado só precisa de uma camiseta pra acompanhar. Prático e chique!

* sorriso no rosto e bom papo: essa não tá na revista, fica por conta da Oficina, mesmo. Porque ninguém sai a noite de casa pra ouvir sobre o quanto alguém está cansada e aguentar cara feia. Certo!?!

Quer saber mais de balada? Clica pra conhecer o Prestonight. Quer entender essa parceria, Oficina + Balada? Clica pra ler o post em que a gente explica tudo!

[nggallery id=51]