CALÇAS, BARRAS E SALTOS

Toda vez que a gente compra uma calça e vai marcar a barra vem sempre a mesma dúvida: "eu vou marcar a barra pra usar com salto alto ou pra usar com sapato flat?". E por mais que a vendedora que está atendendo a gente diga que se marcar a calca rente ao chão dá pra usar tanto com salto quanto com flat, a gente sabe que não é bem assim. O ideal é a gente ter no nosso guarda roupa um grupo de calças pra usar com salto e um grupo de calças pra usar sem salto. E a quantidade de peças em cada grupo tem que ser proporcional ao uso, mesmo. Pra quem usa salto a maior parte do tempo a maioria das calças tem que ser mais longa e umas poucas mais curtas. Quem só usa salto uma vez na vida e olha lá, não tem sentido ter um monte de calças longas.

barra

Dá também pra dividir esses grupos de acordo com as nossas atividades. Quem só usa salto no trabalho e vive de rasteirinha no fim de semana, pode marcar as barras das calças tipo alfaiataria pra usar com salto e as das calças informais pra usar com flat. Então na hora de comprar a calça é bom já pensar em que circunstâncias a gente mais vai usar, se é mais pra balada, mais pro trabalho, mais pra passear no fim de semana e com que tipo de sapato a gente quer coordenar. Daí já faz a barra mais curta ou mais longa de caso pensado.

Por isso é legal ter calças nas cores mais básicas (tipo cinza, marrom, cáqui ou marinho e até jeans) uma com a barra de usar com salto e outra com a barra de usar sem salto . Mas elas não precisam ser iguais, tá!?! Dá pra ser em modelagens diferentes - uma calça marinho com a boca mais aberta pra usar com salto e uma mais retinha pra usar sem salto - ou em tecidos diferentes - uma calca cinza de tafetá pra usar com salto e uma em brim pra usar sem salto.

Normalmente calças com a boca mais aberta ficam melhores com sapatos de salto e calças mais sequinhas ficam melhor com sapatos sem salto. Mas isso não é regra, tá, gente!?! Mesmo porque calças curtas com salto alto têm feito as nossas cabeças!!!