CINTINHOS EM FESTA!

E a desobediência modal que a gente percebeu em relação a sapatos, tempos atrás, agora a gente percebeu também nas cinturas de vestidóns. No SPFW André Lima e Samuel Cirnansck desfilaram vestidos poderosos de festa com cintinhos - de couro! - arrematando e marcando as cinturas das modelos. Na teoria, observando regrinhas de dresscode, os cintinhos são tão informais quanto sandálias/sapatos superpesados e não deveriam ser usados em situações formais-elegantes. Tipo 'leve e refinado' deveria ser coordenado com... 'leve e refinado'. A gente acha que essa onda de misturas de dresscodes é resultado de toda uma "informalização da moda" (clica pra lembrar!) e que é pro bem, que dá mais liberdade e que deixa a gente brincar com looks mais criativos. cintinhos

E se a gente pensar bem, um cintinho num look de festa é um acessório a mais - uma possibilidade extra de imprimir personalidade ao visú (rá!). Especialmente porque é um acessório não-comum aos looks de festona, dá sensação de ousadia. Mesmo que seja uma mini-ousadia, pra quem só tem como variar sapatos e bolsas (na roupa de festona) já é alguma coisa: cinto "conta" mais que brincos e colar no todo, né? (A gente acha) mais fácil também de ousar com cintinhos do que com sapatos pesadões, especialmente pra quem ainda não aderiu às tiras grossas e abotinados no dia-a-dia. Né?!??

cintinhos2

E aí quem resolve usar pode pensar se quer que a cor do cintinho acompanhe a cor da roupa ou se quer contrastar, pode pensar se quer usar um cintinho em material opaco ou brilhoso (em metalizado, em verniz, ó que graça!) e pode pensar na espessura do cintinho - quem tem peitão e ombrão pode se sentir mais confortável com os cintos mais fininhos; quem tem quadrilzão pode preferir cintos médios usados mais altos, mais pertinho dos seios; quem quer criar sensação de peitinho mais cheio pode preferir cintos mais grossos. Que cinto é acessório pequeño mas que faz super diferença!