COURO COM SEDA

Não vai ter pra onde fugir no inverno que vem: a gente vai ver peças em seda e em couro, usadas juntas, em todo lugar e de todo jeito. O que podia ser um tormento (todo mundo comprando as mesmas coisas) pode ser um desafio e uma diversão - devidamente recompensada com auto-estima lá em cima e elogios mil: encontrar jeito único de usar!

Sabendo que materiais estruturados/duros tendem a fazer parecer maior e que materiais molengas e leves/fluidos tendem a fazer parecer menor, a gente pode escolher com consciência que partes do corpo quer cobrir com seda e com couro. Tem pra todo mundo: jaquetinhas, saias e shorts de couro; camisas, bermudas, calças e vestidos em seda (isso só pra dizer do que a gente viu até agora nas passarelas dessa edição de SPFW). Vale também burlar o esquema "emagrecedor-aumentador" dos pesos que os materiais tem e coordenar cores e brilhos pra conseguir o look mais harmonioso que se pode ter: brilho e cor tendem a aumentar, opacidade e tons neutros tendem a diminuir. Mais legal que tudo é se orgulhar, em frente ao espelho, de criar versão própria e autêntica pro que todo mundo já já vai usar ou querer usar!