DE SAIAS E MEIAS NO FRIO!

Inverno é tempo de procurar saias em veludo e veludo cotelê, todo tipo de lã (desde as mais fininhas até às espessas, com tramas grossas), neoprene, tweed, couro e até os jeans mais pesados. Esses tecidos mais quentinhos não esticam (não têm elastano!), então as modelagens das saias escolhidas precisam ter espaço suficiente pra inclusão das aliadas número 1 dos modelos de inverno: as meias! Saia muito justinha fica agarrando no que envolve as pernocas e faz perder a liberdade. Ideal, então, é escolher formas que acompanhem a silhueta, mas sem marcar, sem grudar ne pele - em A, evasê, pregueadas, envelope, retinhas-soltas e tals.

E se com calça + blusa a gente já exercita coordenação de superfícies diferentes, com saia + meia + blusa o exercício fica muito mais rico! Ainda dá pra coordenar espessuras diferentes pra frios diferentes: meias mais translúcidas pra aquecer menos, meias mais opacas pra aquecer mais, leggings pra salvar pernocas aparecidas no friozão e meias vazadas, tipo arrastão, pra cobrir só o suficiente nos dias de temperatura intermediária. A escolha da meia também alcança o quesito adequação. As mais neutras, com pouco contraste quando coordenadas com as saias, vão agradar mais quem tem compromissos menos informais (ou quem tem quadril largo e perninhas grossas). As mais coloridas - e contrastantes na coordenação com as saias - frequentam com alegria compromissos mais desencanados e põem um sorrisão no rosto de quem quer desviar a atenção da parte de cima do corpo (alô, peitão! alô, ombrão!).

Mas meia-calça é acessório incondicional, né, que a gente atualiza de temporada em temporada mudando modelos, cores, texturas e tals. Nesse inverno tem meia de lã que vai até a coxa (mudando o decote de lugar quando deixa um pedacinho de perna à mostra, antes de encontrar a barra da saia!), tem meia de lã que cobre as canelas (boas pras donas de pernas longas e fininhas), tem sapatinhos masculinos que aquecem pézinhos – diz que aquecendo extremidades a gente até esquece do frio no resto do corpo! Mantendo a imagem feminina ainda é possível juntar as saias de inverno com sapatilhas e com botas elegantes. Se as européias conseguem, a gente também pode! Quer experimentar?