DIANE VON FURSTENBERG E TODO SEU PODER

Todo mundo já ouviu falar da Diane Von Furstenberg, mas pode ser que nem todo mundo conheça a história dela - e como ela fez história na moda! Diane vem de uma família rica, de origem judia, que sobreviveu ao holocausto e tudo. Ela virou “Von Furstenberg” quando casou com o príncipe (!!!) Egon von Furstenberg. Mas não foi pela nobreza que ele ficou famosa, e sim por revolucionar a vida das mulheres através da moda. E marcou seus passos no "mundo fashion" com uma das peças que toda mulher tem ou vai querer ter um dia no guarda-roupa: o vestido envelope ou “wrap-dress”. Sabe aquele vestido que parece que “enrola” mesmo a gente, transpassando os dois lados e depois amarrando com uma fita na cintura? diane2

Pois a proposta do vestido de DVF era refletir e ajudar a rotina da mulher. Prático e atemporal, o “wrap” (haha) pode tranquilamente ir do trabalho para balada, talvez mudando uma coisinha ou outra, tipo nos looks de frio e de calor. Tudo isso sem perder o charme, a feminilidade e a personalidade - características da própria Diane. A estilista é um retrato de mulher forte e tenta colocar isso nas roupas dela -  representação maravilhosa de “girl power". De um jeito bacana, maduro e que pode inspirar muito a gente. E é bem bom quando se cria uma relação entre estilista/roupa/quem veste a roupa, né?

dvf2

A Diane tá na Harper’s Bazaar deste mês – top revista que a gente gosta aqui – e já tem entrevista na rede, perguntando da vida, da carreira e do estilo de Diane. Ela conta coisas maravilhosas! Sabe qual é a missão de vida-fashionista dela? Deixar as mulheres mais poderosas! Bonito, não? Ela contou: “Eu queria ser uma mulher poderosa e eu me tornei uma mulher poderosa. Agora eu quero deixar toda mulher poderosa. E eu faço isso através da minhas roupas, das minhas palavras, do meu dinheiro, de tudo”. Pra ler a entrevista toda, clica aqui.