ENSINAMENTOS DE OUTRORA COM EDITH HEAD

Edith Head foi uma grande figurinista em Hollywood da década de 20 até os anos 60/70 . Ela trabalhou nos estúdios da Paramount por 44 anos (depois disso foi para a Universal), concorreu a 35 Oscars e levou 8 pra casa. grace-kelly

Era capaz de criar os figurinos e escolher (bem!) as roupas de outros estilistas para compor a personagem. Pelas mãos dela passaram divas eternas como Audrey Hepburn, Elizabeth Taylor e Grace Kelly (dizem que foi ela quem ensinou t-u-d-o pra Grace, postura, como andar, como segurar a cauda do vestido... tsá?!).

Que bacana que é perceber que desde essa época de Head – super Hollywood antiga e glamourosa – o figurino que servia de inspiração no cinema ainda enche os nossos olhos na vida real. Inspira aquela vontadezinha de copiar, tipo com as novelas, sabe? Em “A Princesa e o Plebeu”, por exemplo, é impossível não querer ser a Audrey Hepburn, de cintura alta e lencinhos no pescoço!

roman

Em “Um Lugar ao Sol” os vestidões tomara-que-caia de Elizabeth Taylor fazem com que a gente queira ir praquelas super festas, dessas que fazem a gente se sentir um pouco princesa. E dá pra usar tomara-que-caia sem ser em festona né? Olha como Elizabeth ficava chique - pra usar tomara-que-caia tem que sustentar, gente (literalmente)!

taylor

E pra quem acha que livro de auto-ajuda fashion começou com Trinny e Susannah, nada disso, viu? Em 1967, Edith Head lançou “How to dress for success” (“Como se vestir para o sucesso”) em que dava dicas espertas. Algumas são bem engraçadas (como as de conseguir e manter um maridão – haha!), outras são muito úteis e atemporais (como as dicas de como se vestir/comportar para conseguir e manter um bom trabalho).