FILME FASHION SEM SER FASHION

De tempos em tempos a gente AMA um filme que não foi feito "pra ser da moda" mas que acaba sendo. Não é? Tá sendo assim com o super-esperado (pela gente!) Where the wild things are e foi assim com Memórias de uma Gueixa e com Chicago, por exemplo. Agora o diretor desses dois últimos filmes tem um filme novo, chamado Nine, e as atrizes do filme tão to-das na capa da Vogue América. E olha, é um timão, tipo "divas-high-school-reunion" como disse meu amigo Frank*: nunca tantas ganhadoras de Oscar estiveram reunidas num mesmo trabalho. Por conta disso a capa da Vogue e toda uma expectativa de um tapete vermelho (nas premiações de cinema do ano que vem) bastante animado. Ó só: nine

O filme foi baseado numa peça famosa da Broadway nos anos 80 que por sua vez veio da estória de um filme de Fellini chamado "8 1/2" (oito e meio... nove... sacou?). A estória mostra Guido Contini (Daniel Day-Lewis, 2 Oscars), que é um diretor de cinema passando por uma crise de criatividade - ou algo do gênero, e sua relação com as mulheres da sua vida. Que são (se prepara!): Judi Dench, a agente; Sophia Loren, a mãe; Marion Cotillar, a esposa; Nicole Kidman, a musa; Penélope Cruz, a amante; Kate Hudson, a relações públicas e... FERGIE 10 quilos maior no papel de uma travesti que mostrava os peitinhos na praia pras crianças na infância do Guido Contini, chamada Saragina (haha!).

Legal é que ninguém ainda viu o filme mas já é impossível não se falar dele (muito) até o Oscar. Só de ter Daniel Day-Lewis no elenco o roteiro já tem um super aval - sabia que ele é sapateiro, tem uma sapataria e FAZ MESMO os sapatos que vende, e que só larga esse ofício pra fazer o que considera super ultra bom? Pois então, ele topou fazer Nine. Junto com isso tem o marketing super agressivo dos produtores (irmãos Weinstein, ex-Miramax) que é conhecido por sempre render indicações ao Oscar. Sabe que um desses produtores é casado com a dona da Marchesa, que faz vestidos de tapete vermelho? Ó como a roda gira (rá!). Enfim, pra gente ficar de olho nos looks que esse bafo todo ainda vai render. ;-)

*Obrigada ao amigo Frank que deu toda essa aula de cinema pra fazer acontecer esse post aqui. Porque né, é a vida que abastece a moda e não a moda que abastece a vida - e ir pro cinema e pro parque e ler livros lindos e viver bem ajuda a gente a não esquecer disso. =)