O QUE VESTIR NA MEIA-ESTAÇÃO

Tem esse tempo em que não tá gelado, não é invernããão ainda... mas também não tá tranks, quentinho: tem um vento frio logo cedo quando a gente sai de casa e também à noite, mas durante o dia quase-quase faz calor. Um frio mais-ou-menos, sabe como? Nessa meia-estação nem lá nem cá, o que a gente mais treina com as nossas clientes de consultoria de estilo são essas nossas fórmulas pra frio-mais-ou-menos -- tanto em compras sazonais quanto em sessões de montagem de looks pro dia-a-dia. Ó! O QUE VESTIR NA MEIA-ESTAÇÃO

SOBREPOSIÇÕES DE PEÇAS LEVES E MÉDIAS Imagina uma camiseta de algodão fino, com mangas longas, usada por baixo de um cardigan fininho e de uma jaqueta de peso médio -- dessas que protegem do vento fresco em dias quentes e que aquece quando sobrepostas assim, nessa idéia. Nem precisa ser só jaqueta: quem usa camiseta com manguinha longa como base pode acrescentar lenço/pashmina, pode usar coletes em tricô e lãzinha, pode levar um cardigan na bolsa e acrescentar jaqueta leve/média, capinha, trench-coat ou uma malha menos fina que o cardigan (pra substituir). Tudo fino assim, sobreposto, não acrescenta volume e fica mais charmoso -- a idéia de pele é mais próxima do que quando a gente usa peças pesadas e fechadas demais, e pele é sempre bom, né?

PELE À MOSTRA, OU SÓ ESSA SENSAÇÃO Já que não tá tão frio, a gente pode se manter bem feminina escolhendo manter sempre um pedaço de pele à vista, nem que seja pequenininho ou disfarçado. Vale decote (tipo num conjuntão de calça + sapato fechado + camiseta com decote + lenço sobre o torso sem cobrir o colo + capinha usada aberta); vale pulsos e antebraços (tipo em mangas longas que a gente repuxa até o cotovelo, sabe?); vale pernocas (cobertas por meias-calças no lugar da calça, dependendo do frio!); vale pezinhos (look inteiro de frio com sandalinha é um charme, pra quem consegue!). Faz com que a gente esteja coberta mas nem tanto, quentinha e confortável, cheeeeias de boas intenções (!!!).

SAPATOS PESADOS Reforçando a coisa da pele à mostra, os sapatos mais fechados e pesados que mais têm cara de inverno ficam mais legais com partes de baixo curtinhas. Tipo bermuda com assandalhado, shortinho em alfaiataria com meia-calça e botinhas curtas, tipo saia curtinha (ou mídi, ou no joelho) com peep-toes com saltos espessos e meia-pata, sabe? Esses sapatos são pares perfeitos das meias opacas do frio, "originalizam" o look e ainda aquecem os pezinhos cobrindo mais que sapatilhas, por exemplo.

CASACÃO PARA DESLOCAMENTOS E aí, a gente sabe que dentro dos lugares vai estar quentinho -- dentro do trabaho, dentro da casa dos amigos, dentro do cinema e tals. Entre uma coisa e outra é que esfria de verdade: saindo de casa e entrando no carro, esperando o metrô/ônibus, na caminhada de um lugar pra outro... e pra isso a gente pode ter um casacão-power (um só já dá conta, sabia?). Pra carregar durante o dia e só vestir nesses deslocamentos, pra chegar e pra sair. Um casacão que seja quente de verdade, que protega de vento, que tenha uma gola bacana pra deixar pescoço e orelhinhas aquecidas, que seja compridinho e que dê certo com tudo que a gente tem no armário. Tem passo-a-passo pra escolher o casaco perfeito nesse post aqui, ó!

------------

E aí, do mesmo jeito que cada cliente nossa (e até a gente!) usa essas "fórmulas" personalizando com os materiais, caimentos, barras/comprimentos, cores e acessórios que mais têm a ver com cada uma, todo mundo pode 'customizar' essas direções também. A gente tem experimentando todo dia de manhã, na hora de se arrumar, e tem dado certo! Vê se pra você funciona também!

+ coordenando proporções diferentes + coordenação de materiais e texturas diferentes + cores nos casacos e nas sobreposições

+QUER TRABALHAR COMO PERSONAL STYLIST? +COMO CONSTRUIR UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE