JEITOS BONS DE USAR RENDA

Quando a gente pensa em renda o visual imaginado (quase sempre) é sexy, de festa ou ultra-feminino, não é assim? Fórmulas boas pra usar de jeitos frescos, então, podem vir da contramão dessas idéias, fazendo caminho oposto pra surpreender. Só de aparecer em sobreposições - por cima ou por baixo de alguma coisa, mas em detalhes e não na maior parte do look! - a renda já funciona como um acessório, como um extra, um charminho. E assim a gente tem mais possibilidades pra exercitar coordenações com outras texturas, outros elementos. Ó!

RENDA ANTI-FESTA Experimenta usar renda no dia-a-dia - no trabalho, no almoço com amigas, no passeio de fim de tarde com o cachorro e tals - com materiais super super informais, tipo jeans, brim, algodão e linho. A gente tem certeza que vai render look bom.

RENDA ANTI-SEXY Imagina só usar peças de renda transparentinha com peças larguinhas, com a maior cara de conforto do universo, tipo calça saruel  ou bermuda solta? O sexy da transparência (ou da "cara de lingerie"!) da renda pode super ser compensado sem a justeza de outras peças!

ANTI-MENININHA O nível de fofuchice de qualquer visual diminui se a gente coordena renda com peças "roubadas" do guarda-roupa dos meninos, tipo sapato oxford, camisas soltinhas, paletó, aé suspensório (!!!). Também vale compensar a carinha-de-boneca com peças duras, tipo feitas em couro, sabe?

***Renda é o tema mas o tema pode variar um tanto! E tudo que a gente divide aqui vale também pra transparências, tecidos vazados, laises, superfícies furadinhas... e mais!