LOGOMARCAS COMO ESTAMPINHAS

Diz nesse texto que as duas últimas Vogues Paris mostraram logotipos de mil jeitos, e que isso pode indicar uma "volta da logomania" que a gente viu acontecer na moda dos anos 80 pros 90 - faz algum sentido, já que tem um certo minimalismo mostrando caras (aqui e aqui) que também vem da década de 90, né? Por mais que a gente torça o nariz pra esses monogramas eles representam o que há de mais clássico em qualquer marca, desde Louis Vuitton até Victor Hugo (especialmente nessas marcas mais clássicas, né? lembra da diferença entre 'it bags' e 'hit bags'?). E olha, tem jeito legal de usar, vê só. logomarcas

Se a gente olha com carinho, os monogramas e letrinhas-iniciais de cada marca meio que se fundem e quase parecem padronagens, com tamanhos e cores e formas diferentes - quando a gente conhece a história de cada marca, então, até dá pra sentir amor. Tem super como inserir essas telas como estampas na coordenação de looks que se faz! Vê só que tem loguinhos mais arredondados e outros mais quadrados (quase-quase um xadrez!), tem mais claros e mais escuros, mais coloridos e mais neutros, mais espaçados e mais próximos. Isso tudo é elemento pra se coordenar com a calça, com a blusa, com o conjunto de tudo, com as cores e formas dos  outros acessórios.

E ainda é legal coordenar a própria estampa-monogramada com outros elementos: vale amarrar lenços na alça pra complementar formas, pra equilibrar cores, pra dar um toque de interessância no que tiver uito neutro ou classicão demais. É só perder o preconceito (se tiver né, a gente não tem!) e experimentar. ;-)