MAIS DE GUARDA-ROUPA PROFISSIONAL

Todo guarda-roupa profissional tem "escalas de formalidade", pra meninos e pra meninas. Os dresscodes profissionais podem ser formais, semi-formais, casuais ou esportivos. Cada um desses têm seus próprios códigos de vestir, e é bem mais fácil localizar os dresscodes dos meninos do que os das meninas! Meninos têm um guarda-roupa bem mais sequinho de elementos e opções, e assim tem menos trabalho também. Por isso, olhar pro guarda-roupa profissional dos meninos que trabalham com a gente é garantia de acertar no look sempre. Vale pro trabalho de todo dia, vale pensar nos meninos que vão fazer aquela reunião com a gente, vale pensar nos meninos do escritório que a gente vai visitar, etc etc etc. Quem trabalha em banco, em mercado financeiro, no poder judiciário e afins (tipo isso), tem dresscode formal. Os meninos nesses ambientes de trabalho tão sempre de terno: calça e paletó no mesmo tecido + gravata. O que importa aqui é fazer conjuntinho. Se eles tão assim, a gente fica equivalente se usa tailleur, terninho ou vestido com paletozinho que combina, no mesmo tecido. Esse é o dresscode mais complicado (porque enjoa!) mas também o menos comum hoje em dia, com a onda de informalização.

formal.jpg

O dresscode semi-formal é o que desce um degrauzinho na escala da formalidade, e aparece em multinacionais, escritórios que lidam com clientes corporativos, escritórios de direito mais jovens (e sem tantas reuniões/audiências), tipo assim. É quando os meninos usam calça social, camisa e paletó - mas esse paletó não faz conjunto com a calça e pode ser feito em outro tecido (não precisa de gravata também). O que faz a diferença pras meninas é exatamente o paletó, que pra gente funciona como a terceira peça (rá!): nesse ambiente profissional as meninas sempre têm que ter paletozinho, jaqueta, cardigan, colete ou capinha - é a terceira peça a responsável por acrescentar formalidade!

semiformal.jpg

De todos esses, a gente vê mais (no nosso trabalho) o dresscode casual. Nesse os meninos usam calça social e camisa, e é nesse que é mais legal fazer a equivalência pras meninas! Se os meninos tão de camisa (e não de camiseta), eles têm gola. A gente adapta essa gola pro nosso look pra alcançá-los em formalidade, e usa camisa também - com saia, por baixo de salopete/jumper, em forma de vestido chemisier - ou "substitui" a gola por um outro elemento: um colar super bacana, um lenço, um broche que emoldure o decote, um cardigan amarrado no pescoço. Tem que ter aspecto de"preocupação", de "não saí de casa só de calça e camiseta", sabe como?

casual.jpg

E daí vêm os sortudos das agências, da fotografia, das artes, da arquitetura (que visita obras) e mais: os que usam dresscode esportivo. É o mais informal de todos, em que conforto e praticidade aparecem primeiro no look. Pode ser também o que gera mais dúvidas, por conta de tanta liberdade: na dúvida, é bom pensar em quem a gente vai ver/encontrar/visitar durante o dia. Também é válido pensar em que posição a gente quer assumir (na vida): tipo no ambiente esportivo, se vestir como casual já diferencia, néam? O dresscode esportivo é o único em que o jeans e liberado, pelo menos tecnicamente: na prática a gente sabe que não é tão assim!

esportivo.jpg

As vitrines oferecem jeans super ótemos pro guarda-roupa profissional de todos esses dresscodes (menos pro formal que não pode meishmo, gente). Calças jeans cortadas e modeladas como alfaiataria, com costuras finas, bolsos retinhos, sem lavagens e sem detalhes super esportivos, podem acompanhar essas fórmulas - dependendo de onde se trabalha! Tem que ter o jeans do trabalho, especial pra isso - e diferente do jeans de fim de semana!