ONDE PÁRA A BARRA DA CALÇA DE BOCA LARGA?

Com toda essa vibe anos 70 no ar, as calças de boca larga apareceram nas araras das coleções de inverno com toda força, repararam!?! E a gente, que estava super se acostumando com a calça mais curtinha, com a boca mais afunilada, acabou na maior dúvida sobre qual o sapato certo pra usar com as pantalonas/bocas de sino/afins. Não que as calças mais masculinas, tipo cenoura, precisem ser abandonadas (a gente não abandona por nada!), mas o repertório pode ser aumentado.

Calças com boca larga vão muito bem com sapatos de salto - os saltos mais grossinhos, anabelas ou mais pesados, com meia pata são os preferidos - e daí que a barra da calça tem que terminar deixando no mínimo metade do salto aparecendo. Quanto mais longuinhas mais legais! A calça de boca larga não fica legal muito curta, deixando o peito do pé aparecendo, sabe!?! Parece que a gente pegou a calça emprestada de alguém mais baixo que a gente! Mas a gente também não curte a calça super longa, quando arrasta no chão, não. Pode até dar certo no styling de um desfile, catálogo ou editorial, mas na vida real a calça arrastando fica suja e desgasta super rápido (além do risco da gente pisar na prórpia barra e cair no meio da rua).

Também dá pra usar esse tipo de calça com sapatos sem saltos, mas o certo aí é fazer a barra pra esse tipo de sapato e só usar assim (não dá pra versatilizar essa barra - ou é pra salto ou pra sem-salto!). As calças feitas em tecido mais desestruturado ficam melhores nesse comprimento, porque acabam não engruvinhando tanto na frente. Esse engruvinhado que a calça faz quando encontra o pé e está um pouco longa demais dá uma sensação nada boa de perna mais curta. A barra da calça tem que cair sobre o pé e quase cobrir o sapato todo, como se a parte de trás quase fosse encostar no chão, mas sem encostar!

O bom desse tipo de calça é que, pelo fato dela subir um pouco sobre os pés, as pernas ganham alguns centímetros (visuais) e a gente fica mais longa e consequentemente mais fina!