PREPARADAS PRA USAR CHAPÉUS?

Se um ano atrás a gente tava começaaaando a ver mais e mais chapéus nos sites de streetstyle de lá de fora - e de lá pra cá veio notando a popularidade dos chapéus crescer - agora tá confirmado que logo logo todo mundo vai querer usar: vai vender chapéu no Target, rede de supermercados americana que promove de tempos em tempos umas parcerias entre designers legais e preços amigos. Essa chapeleira americana chamada Eugenia Kim foi convidada pra desenvolver criações suas - que normalmente custam tipo 300 dólares - por 10% desse valor (tem mais sobre essa parceria e as imagens dos chapéus aqui, ó). Isso significa que a vontade já chegou na camada mais consumidora de todas, a nossa!

E não falta muito pra chegar mais perto ainda da gente (aqui no Brasil), que o que não faltou nos desfiles dessa edição de Fashion Rio foram chapéus de todo tipo. As propostas pro verão 2011 mostraram abas em tamanhos diferentes, materiais variados, cores, texturas, detalhes e mais. Na prática, pra gente começar a pensar em como usar/como coordenar, vale observar isso tudo daí: formas, cores, peso visual (lembra?). As cores e as texturas contribuem na coordenacão do visual como todo qualquer outro acessório de cabeça funcionaria - pensa no chapéu como subsituto de lenços, de tiaras, de fivelas bafônicas e até de turbantes (agora que todo mundo usa, né. haha).

Os materiais que fazem cada chapéu importam super na hora de inserir o acessório nas produções: feltro, lã e tecido espesso vão ficar mais legais com looks de friozinho ou com peças e acessórios mais pesados (mesmo que no calor); palha, linho e tecido molenga acompanham melhor looks leves e soltinhos, bem de tempo fresco mesmo. E o tamamno das abas pode ser "medido" de acordo com a adequação! Tipo, abas longas acabam sendo mais informais (nesse smodelos que não são de festa, tamos pensando em dia-a-dia!) e mais curtinhas alcançam mesmo os looks mais sisudos. Quem quer experimentar levanta a mão! o/