RENDENDO-SE À RENDA

Como a renda rende assunto, não? Se querer fazer trocadilhos, lembra das rendas da Prada? Ou do post sobre rendas, transparências, lingeries e esse climinha mostra-esconde que aparece muito por aí? Mas muita gente pensa em renda e vai direto em dois conceitos: romântica e sexy. Aí, às vezes por causa desses clichês, tem gente desiste, ou nem considera usar uma roupa, um sapato, um material. E na moda é engraçado, um dia a gente acha feio e diz que nunca vai usar, no outro já é peça favorita. E jogue o primeiro cabide quem nunca se desfez de uma roupa e se arrependeu (e muito!) depois. E com a renda pode ser assim, mas não é bacana saber da versatilidade dela, mesmo que tenha gente que não use (e não queira usar)?

renda1A renda pode ser bem versátil, é muito feminina, sem contar que é a cara do verão que daqui a pouco chega por aqui – a primavera já chegou! – e dá pra aproveitar do fator “fresquinho” da renda pra fazer sobreposições ou usar um elemento rendado como terceira peça.

Usar renda como cobertura de uma regata, ou de um vestido liso, ou de um forrinho mesmo, é um jeito fresco de brincar com transparência, mas ela dá um efeito visual bacana, não fica super-sexy. Um casaquinho de renda, pode ser uma terceira peça para um look mais bacana e bom pra qualquer ventinho mais forte em um dia quente.

A gente separou uma galeria de looks de rua e do pessoal que faz look book próprio pra ver como dá pra usar  material de um monte de jeito, que tal todo mundo se inspirar junto?

[nggallery id=71]