UMA NOVA VISÃO (NOSSA) SOBRE O CURTO

O tempo passa, as nossas vontades mudam, o nosso olhar se apura, a gente se permite experimentar peças que a gente dizia que nunca iria usar. Não sei como é com vocês, mas aqui nessa Oficina isso acontece bastante!!! Com o passar dos anos a gente tem aprendido a ser cada vez menos preconceituosas e a cada vez mais aceitar o novo. curtos

E foi assim que a gente decidiu rever nossa opinião sobre o comprimento míni. Se a gente prestar atenção em desfiles, editoriais de revistas, em sites de streetstyle ou nas mulheres que passeiam pelo nosso bairro, dá pra notar que o comprimento dos vestidos, saias e bermudas/shorts tem subido de algumas temporadas pra cá. Se antes era mais bacana usar tudo logo abaixo ou logo acima do joelho, hoje uma peça com esse comprimento acaba ficando com uma cara de antiquada. Joelhinhos (e algumas vezes outros centímetros a mais) a mostra são super atuais.

E daí que por ser atual, pelo nosso olhar se acostumar mais com ele, e por estar mais disseminado por aí... parece que fica mais natural que mais gente possa usar e fique bem com peças de comprimento mais curto. Então, gente, é o seguinte: idade não é limitador pra usar uma saia mais curta, ou uma bermuda ou um vestido. Pra usar as peças míni (ou midi) é preciso ter uma pernoca em dia e "carregar" a pecinha, ou seja, tem que combinar com a gente, tem que ter a ver com as nossas preferências e vontades, tem que caber na nossa vida e na nossa rotina.

curtos2

É bom saber que comprimentos que "cortam" a parte mais cheinha das nossas pernas (as coxas) dão a sensação de que elas são mais larguinhas. Mas, ao mesmo tempo, o comprimento mais curto dá sensação de pernas mais longas. Taí! Agora usar ou não usar míni vai da nossa relação com as nossas pernocas e 0 conforto - ou desconforto - que isso proporciona. (Eu, por exemplo, não consigo usar nada acima do joelho, independente do que é atual ou não, porque não acho que combina comigo, sabe!?!)

E por falar em atual, um jeitinho bem moderno de usar os comprimentos curtinhos e que apareceu em vários desfiles das temporadas internacionais (principalmente em NY) é usar a saia ou shortinho bem curtinho com a camisa de manga longa e fechada até o pescoço, bem nerdzinha. É claro que na vida real não é preciso usar a camisa fechadona até o último botão, e que as mangas podem ser dobradas até o cotovelo... mas o legal dessa coordenação é que a perna fica (quase) toda de fora, mas os braços e colo ficam todos cobertos. Esse jogo de mostra x esconde é o que faz o look ficar interessante. Daí, dá pra se inspirar nas imagens daqui de cima e incrementar com coletinhos, suéteres (pra dias mais frios ou ar condicionado muito forte) e até gravatinhas! Fica elegante e fofo. Vamos tentar?