BLUSÊ AJUDA OU ATRAPALHA?

Sabe o que é blousée/blusê? Talvez não seja um conhecido de nome, mas a gente vive trombando com blusas que tem esse caimento: quando a barra da blusa é mais apertada que o resto. Pode ser uma amarração ou uma parte elástica, que deixe a blusa com um efeito mais cheinho. Como se fosse um balonê da cintura pra cima, sabe como? Muita gente aproveita este artifício pra disfarçar a barriguinha. Mas ó, o que parece ser um elemento de ajuda pode acabar atrapalhando. É que o efeito “afofado” criado pelo blusê faz com que tudo seja uma coisa só. A idéia é suavizar a barriguinha, mas faz com que braço, peito, barriga e ombros "se misturem" e a parte de cima fica toda mais gordinha, mais cheia.

O jeito mais comum de combinar peças com esse caimento é colocar uma parte sequinha embaixo. Mas quanto mais diferença nas formas de cima e de baixo, mais se evidencia a parte que fica “gordinha” em cima. O ideal então é combinar proporções! E não adianta tentar usar a parte folgadinha em cima só pra tentar tirar atenção dos quadris, por exemplo. Como ele “amplifica” a parte de cima fica tudo grande, sabe? Todas as peças do look precisam estar coordenadas coerentemente com um propósito!

O blusê fica melhor em quem tem tudo mais proporcional, ou braço magrinho, pouco peito - mesmo com alguma barriguinha. Porque ele “estufa” essa parte de cima do corpo, nada melhor que saber como usar a nosso favor (ou contra a gente). É bom também prestar atenção nos tecidos em que esse caimento é trabalhado. Tecidos planos acentuam esse efeito de balão, por serem mais estruturados. Malhas e sedas, por exemplo, deixam o visual mais soltinho.