LEANDRA MEDINE E A MAQUIAGEM

Leandra Medine, do blog The Man Repeller, tem um post maravilhoso sobre o porquê de ela não usar maquiagem. A gente adora a abordagem dela sobre a moda, que diz que devemos nos vestir para nós mesmas, não para os outros (daí o nome do blog, que significa Espanta Homem). Clica que vale ler o post inteirão -- aqui a gente traduz e cita esse pedaço super significativo do texto, ó:

X_d2Vdm_dOqx

"(...) o motivo pelo qual eu não uso maquiagem é que eu sou preguiçosa. E não me entenda mal: eu estou tão vidrada no mais novo creme milagroso antiidade quanto qualquer outra garota. O fato de eu não usar maquiagem não significa que eu não ligue para ter uma pele boa. Eu só não quero passar por essa pressão de que se eu não lavar o rosto, vou manchar todo o travesseiro. De que as bases de sustentação do rosto que eu tinha ontem à noite podem ficar presas na toalha do banheiro. Li em algum lugar que dormir de rímel aumenta a queda dos cílios em até 70%, então eu prefiro focar em ter algum cílio no meu olho, ainda que eles não sejam tão curvados quanto se eu usasse curvex e maquiagem.

O mais importante, no entanto, é que eu me sinto confortável na minha própria pele. Eu não detesto o que vejo no espelho. Ainda que legiões de outras pessoas não concordem comigo. Aceito o reflexo que pisca de volta pra mim com todas as suas falhas e pontos positivos. Entendo perfeitamente que tenho olheiras intensas debaixo dos olhos. Aprendi a apreciá-las. Notei que meu nariz vem fincando mais anduco a cada mês que passa. E tudo bem. Sei que as rugas que começam a invadir minha testa uma hora vão se instalar lá como moradoras permanentes. Meu pai tem rugas assim e elas me enchem de ternura.

Meus olhos nunca serão azuis, minha estrutura óssea jamais permitirá que você me confunda com uma modelo escandinava. Eu sou que eu sou e mesmo que isso implique ser “feia pra *******” eu acho isso, sei lá, bonito."

*Juliana Cunha é jornalista e colaboradora do blog da Oficina de Estilo, que sorte a nossa :) ce pode ler outros textos dela pra Oficina aqui -- e os textos autorais dela no Já Matei Por Menos, ó!