NEUTROS MAS NADA-NADA TRISTES

O trabalho do pintor Di Cavalcanti (1897-1976) tem tudo que a gente entende de brasilidade. Suas pinturas tem gente alegre, tem verde, tem música e dança e nada disso parece folclórico demais, caricato. Diz que Di Cavalcanti era apaixonado pelo Rio de Janeiro, fascinado pelo carnaval. Mais legal de é que o carnaval do artista nada tem de pejorativo - ideia que às vezes a palavra pode carregar.

Sabe quando alguém diz "nuóóóssa que carnaval esse look, hein"??? Então, nas pinturas que Di Cavalcanti fez pensando nesse tema, o carnaval aparece brasileiríssimo, cheio de formas e pele à mostra, de movimento e de alegria - mas também MUITO chique, muito elegante, sóbrio sem ser sisudo, contido sem ser chato. Pra gente pensar que coordenação de tons neutros pode sim ter cara de país tropical, né? E se a gente é produto da história e do meio, neutros tem sim a nossa cara!!! ;-)

dicavalcante.01.png
dicavalcante.02.png
dicavalcante.03.png
dicavalcante.04.png