reaprendendo a se vestir pra ir em festonas

 (série de conteúdos produzidos pela Cris na 1ª gravidez dela - todos os posts dessa série estão aqui.)

Casamentos, formaturas e prêmios (!!!) são oportunidades de sonho pra gente explorar o nosso lado mais princesa e se arrumar de verdade - quem não gosta!?! Dá vontade de usar vestidón, de fazer maquiagem, de prender o cabelo... E dá pra ser princesa e grávida ao mesmo tempo! Mesmo pra quem não tem o hábito, na gestação, com barrigão, os melhores comprimentos são o longo e o longuete, que dão a impressão de figura mais longilínea em um corpo que está mais "quadradinho". O salto que que está tirando férias dentro do guarda-roupa pode aproveitar pra dar uma voltinha por aí, né!?! E como pezinho de grávida muitas vezes incha, o ideal é usar um saltinho mais grosso - o salto mais fino, tipo agulha, dá a impressão de que vai quebrar a qualquer momento e a dificuldade de se equilibrar aumenta, porque o centro de gravidade do corpo da gestante muda!!!

gravidafesta1.jpg

dá pra arrasar num red carpet com barriguinha e tudo!!! o cabelo preso sofistica o look festona e valoriza o sorriso feliz de quem vai ser mãe

Todo mundo concorda que a parte mais bonita no corpo de uma grávida é o colo, certo!?! Quem não tem seios, passa a ter, quam já tem fica com eles mais levantados e o pescoço e ombros são partes do corpo que nunca ficam mais cheinhos. Então arrasa no decote!!! Tudo que valorizar o colo fica bacana: decotes assimétricos, tomara que caia, bordados e aplicações... Se o vestido é mais "limpo" dá pra carregar no colar ou brincos!

gravidafesta2.jpg

o modelo império (preso logo abaixo dos seios e soltão embaixo) é o melhor, mesmo - valoriza colo e seios, deixa a barriga bem em evidência (pra ninguém ter dúvida de que é uma barriga de grávida) e disfarça bumbum e quadril que normalmente estão maiores

E quando a gente pensa em custo x benefício e no tanto de coisas que a gente ainda tem que comprar pra chegada do nosso pequeno, vestidón de festa não é o melhor jeito de gastar nosso rico dinheirinho, certo!?! A não ser que durante os próximos nove meses vão acontecer vários casamentos e afins, o ideal é investir pouco no vestido ou aproveitar algum que já está no armário (como eu fiz semana passada), e investir um pouquinho mais em acessórios como um super colar ou brinco, uma bolsinha linda que você sempre quis ter, um sapato em material mais sofisticado - peças que vão ser muito usadas mesmo depois da gravidez e período amamentação.