ROUPA DE FICAR EM CASA

A cada etapa de revitalização de guarda-roupa no nosso trabalho de consultoria a gente explica, pra todas as nossas clientes, o valor de separar um pedacinho de armário só pras roupas de usar em casa. Pensa com a gente: em casa a gente quer praticidade, que ficar bem simples e confortável, mas isso não quer dizer que a gente precisa ficar desleixada, com cara de desarrumada, né? Mais: se o nosso "homewear" é bem cuidado a gente nunca mais precisa lidar com o constrangimento de ter saído de casa "desse jeito" quando encontra alguém na ida de 5 minutos até a padaria (quem nunca?).

Esse "homewear", então, não é roupa velha, desgastada, rasgadinha ou furadinha. Também não é aquela peça que a gente nunca faz com que a gente se sinta bonita ao vestir, também não é roupa de trabalho que a gente já usou demais. 'Roupa de ficar em casa' é roupa em tecido gostoso e molinho, que não aperta, que fica soltinho, que permite movimentos, que deixa a gente bem quentinha (no frio) ou que não deixa a gente passar o maior calor. Pode ser calça de moletom ou de plush, pode ser camiseta ou top de malha, pode ser vestidinho de viscose, pode ser casaco tipo canguru, pode ser shortinho jeans, pode ser cáftan, pode ser sapatilha, tênis ou melissa... Ideal é que essa parte do guarda-roupa seja/esteja bem conservada, tenha cores que deixam a gente bonita, peças em modelagens que favoreçam os nossos corpitchos. E o principal é que tudo que a gente escolha usar em casa configure modelitos que, se surgir um convite pra almoçar ou se alguém fizer visita surpresa, garantam conforto (físico e mental!), segurança e sensação de adequação.

como planejar um conjunto de peças pra se sentir super confortável mas também arrumadinha -- em casa!
como planejar um conjunto de peças pra se sentir super confortável mas também arrumadinha -- em casa!

roupa de ficar em casa não tem que ter cara de roupa de trabalho, né!?!

Uma das coisas mais bacanas que a gente já ouviu de uma cliente foi que, depois de passar pelo trabalho de consultoria de estilo, ela aprendeu a se arrumar PRA ELA MESMA -- é esse o espírito! De quebra, quando a gente se arruma pra gente (especialmente assim, só pra ficar em casa) a gente cuida também de quem tá em volta: maridos e roomates constumam elogiar super esse cuidado com o "homewear". E a gente já percebe que tem um tanto de gente se preocupando com isso também, várias marcas se preocupam em oferecer algumas araras só de roupas muito confortáveis pra ficar em casa - ou pra ir na padaria, pra casa de campo, pro brunch de domingo, pra farmácia -- tipo a Huis Clos, a MyBasic, a Alcaçuz, a Fit, a Gilda Midani. Mas ó: é super super possível montar nosso "kit homewear" na Zara, na Hering, na Marisa... às vezes até buscando uma ou outra peça em lojas de roupas pra ginástica.

Quem quiser tentar pode partir da nossa fórmula básica de trabalho (que a gente adapta pra cada cliente da consultoria) e pensar num esquema de 2 partes de baixo + 3 partes de cima, sendo 1 parte de cima pra sobrepor. Tipo:

_1 calça de moletom ou plush ou malha _1 shortinho de moletom ou malha *vale 1 vestido no lugar do shortinho _1 camiseta de manga longa _1 camiseta de manga curta _1 cardigan solto pra sobrepor

+ QUER TRABALHAR COMO PERSONAL STYLIST?+ todo um capítulo sobre roupa de ficar em casa no nosso ebook COMO CONSTRUIR UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE