A idéia é que essas sugestões de quantidades e tipos de peças sirvam como base pra customizar/personalizar: valendo pra destinos, guarda-roupas e viajantes diferentes (vale inclusive pra maridos!). Pra todas as fórmulas a gente procura peças em cores coordenáveis entre si pra criar conjuntos coerentes de possibilidades = mais ou menos 4 cores por mala. Vale 2 cores neutras + 2 cores coloridas, vale 2 coloridas + 2 neutras, etc. Isso é chave pra levar pouco e fazer render muito!

Quem animar \o/ pode praticar junto com a gente no preparo da próxima viagem, num passo-a-passo guiado em vídeo no nosso curso online COMO FAZER MALAS INTELIGENTES, ó!

 

 

MALA PRA VIAGEM CURTINHA fim de semana ou feriado

3 partes de baixo (calça, saia, bermuda/short, vestido) 6 partes de cima (blusas, camisetas, jaquetinhas, cardigans, etc) 2 pares de sapato diferentes um do outro (tipo teninhos e sapatilha, ou sapatilha e sandália) 2 bolsas (uma maior pra usar na viagem, uma média pra usar no destino)

 

MALA PRA VIAGEM MÉDIA uma semana - dez dias

6 partes de baixo 12 partes de cima 3 pares de sapato diferentes uns dos outros 3 bolsas (aqui pode ser incluída uma pequenina pra noite, por exemplo)

*Pra essas malas a gente coordena pelo menos dois looks diferentes pra cada parte de baixo que vai na mala -- um pra noite e um pra dia, um mais claro outro mais escuro, um mais colorido outro neutrão, etc -- pra que as possibilidades já viajem garantidas com a gente. :)

 

MALA PRA VIAGEM LONGA 15 dias ou mais

10 partes de baixo 10 partes de cima 5 pares de sapatos 3 bolsas

 

-Nas malas maiores a gente considera a possibilidade de usar a lavanderia do hotel ou da casa alugada/emprestada pra usar mais de uma vez as partes de cima que leva. E -especialmente pra essa fórmula!- se apega super à direção do grupo coeso de 4 cores apenas, pra garantir que todas as partes de cima rendam looks com todas as partes de baixo!

-Acessório ocupa pouquíssimo espaço e pode ser muito legal pra variar a cara dos looks -- liberado pra se levar aos montes. E né sempre bom levar, pra qualquer destino: biquíni/maiô e casaco quentinho -- vai que bate aquele vento ou que tem massagem no hotel. ;-)

-A gente só deixa nossas clientes levarem na mala o que elas AMAM usar, o que já tá testado e aprovado, o que funciona no dia-a-dia e tá garantido de funcionar em qualquer lugar do planeta: viagem não é tempo bom de "testar" coisas ou experimentar demais, já que a gente tá longe do armário inteiro. Melhor se apegar ao que assegura sorriso em frente ao espelho, sem erro!

 

+ malas e viagens no blog da Oficina + pra assinar nossa newsletter e assistir ao curso online ANTES!